“É no campo da vida que se esconde um tesouro.

Vale mais que o ouro, mais que a prata que brilha.

É presente de Deus, é o céu já aqui, o amor mora ali e se chama família.”

domingo, 17 de novembro de 2013

4

#Luto

A Perda de um Filho (Dor que não tem explicação)



É da semente do amor que floresce a saudade...
É da colheita do fruto que surge algo que chamamos de laços.
E é quando a vida os desata que chamamos de perdas.
Perdas irreparáveis.
Perdas que não tem nome.
Dor que dói só de pensar.
Dor que um dia ouvi ser equiparada a um parto inverso.
Devolver o filho. Sem ao menos nos perguntar se damos essa permissão.
Lágrima que não sai. Choro que nos falta o ar.
Medo de viver.
Medo que o medo nunca saia de nosso coração.
Medo do medo.
Vontade louca de voltar segundos, ou talvez milésimos dele, para gritarmos para nosso filho: saia daí! , ou desvie o carro, ou não ande por essa rua.

Mas nada é possível.

O chão é roubado, o coração parece parar, e borboletas voam angustiadas pela nossa alma.

O sonho de que tudo seja mentira... Que a notícia recebida foi engano.... Que o nome dito era homônimo.

A mentira se faz verdade.

O nome querido pensado com tanto carinho antes mesmo do nascimento, é trocado por alguém que já o chama de “corpo”.

Seu leito se torna forrado de flores, flores estas que sonhávamos para sua formatura ou casamento. E agora o acompanha para emoldurar seu semblante que parece estar em um sono profundo.

Olhos que não abrem mais. Mãos que não nos afagarão mais. Voz que não nos dirá "Mãe Te Amo"....


No caso de um filho especias, algumas mães não puderam nem ouvir a voz do filho dizer mamãe. Algumas crianças tem múltiplas deficiências e entre elas, o não falar...
Mas o mamãe vem com o olhar, com o sorriso.
E me pergunto como sobreviver sem esse olhar, sem esses gemidos, sem a presença deste filho.

Hoje meu coração está em luto. Perdemos mas uma das nossas crianças especiais. 
Só esse ano foram cinco! Joyce, Érika, Maria Eduarda, Ana Clara e agora a Duda.
Nossas princesas partiram... nossas filhas!

Dudinha... sentiremos muitas saudades...
Nossa amiguinha, nosso anjo e porque não dizer, um pouco filha também!
Sim!!! Crianças especiais, tem muitas mães... Nós compartilhamos, uma a dor da outra.
Nós nos ajudamos... nós compreendemos.
Que o Céu te receba em festa! Em alegria!
Que você adentre os portões celestiais, não mais numa cadeira de rodas cor de menina, mas saltitando, correndo, dando os gritinhos que você dava nesta Terra.
Meu coração está partido, mas quando imagino a cena que descrevi acima, é como se fosse um consolo.
Que Papai do Céu te mostre o Paraíso, onde não existe mais dor, sofrimento e doenças.
Um dia vamos nos reencontrar e poder brincar! De bonecas, de bicicleta, de patinete... sim, serão outras rodas na sua vida!
Tenho fé!




4 comentários:

  1. Estou em lágrimas, apesar de não conhecer essa linda princesa, que criou asas celestiais, e nem conhecer sua história, me solidarizo com essa mãe, que neste momento deve está em pedaços e nada do que for dito amenizará sua dor. Só peço a Deus que dê a ela muita força e um motivo para se manter neste mundo sem o seu pedaço, tão impossível de se substituir. Bjs Valéria, apesar de triste o post, foi muito bem escrito. Lícia

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Val.
    Espero que esteja tudo bem com vcs?!
    Sonhei com vcs ontem...Sonhei que tinha ido visitar e conhecer sua familia linda, e ao chegar na sua casa, sou recebida pelo Manu com a seguinte pergunta:
    - Você veio visitar só a Monique?kkk
    E eu respondi: Não Manu vim visitar e conhecer a família toda.
    Mas o que mais me marcou no sonho, foi ver a Camilinha ao chegar no quarto dela, ela estava radiante, com um sorriso lindo, toda maquiada com um batom rosa nos lábios. Linda e o mais importante Feliz. A luta é grande amada, eu sei, Mas tenha certeza que a Camilinha é Feliz e agradecida pela família que tem. O sonho foi tão repentino que acordei surpresa, mas muito grata a Deus por ter me dado a imagem desse sorriso marcante, que não sai da minha memória. Um abraço grande no seu coração e beijos para a galerinha linda que vc tem. Diga ao Manu, que quando for visitá-los um dia, irei conhecer a todos kkk. Lícia

    ResponderExcluir
  3. cristina.silva0911@gmail.com.br2 de outubro de 2014 17:08

    Valeria ,adorei seu blog .
    Entrei por acaso procurando uma banheira e encontrei vcs,também tenho um anjo chamada Camila tem 13 anos e esta acamada há 7 anos ,ela tem unma sindrome chamada niemanpick tipo c -
    Somos de São Paulo e me chamo Cristina ,
    meu email é cristina.silva0911@gmail.com.br
    Fique em paz ...

    ResponderExcluir
  4. Olá, meu nome é Carolina e estou realizando um projeto, (TCC) e gostaria muito da sua ajuda,por favor se puder responder meu questionário seria de grande ajuda. O questionário diz respeito sobre crianças com paralisiaa cerebral.
    http://goo.gl/forms/lXNYcmN531

    ResponderExcluir